Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

10 snacks que levo no avião: opções leves e saudáveis

De acordo com a lei é permitido levar comida no avião, de preferência na bagagem de mão. Mas nos voos internacionais é preciso prestar atenção às restrições do país de chegada. São informações oficiais da política de voos.

Neste post pretendo dar ideias do que levar a bordo quando vamos no avião. São opções práticas e leves que podemos ter sempre à mão depois de horas à espera do próximo voo.

1. Frutos secos

Esta é daquelas mesmo básicas e tanto repetidas por mim. Conservam-se maravilhosamente bem, são leves (nos dois sentidos da palavra), e super nutritivos e completos. Têm muitas gorduras boas e muitas de elas são ácidos gordos ómega 3 (essenciais para prevenir doenças cardiovasculares, diversos tipos de cancro, doenças inflamatórias, pulmonares e da pele.

2. Barras energéticas

Aqui tenho várias receitas de barritas energéticas caseiras. No caso de não tiveres oportunidade de as fazer: a de amendoim da Rude Health.

3. Fruta fresca ou desidratada

Digo-vos sinceramente: esta nunca falta, mas seja no avião, seja no carro ou a caminho do trabalho: maçãs. São uma opção super popular e com motivos para tal. Ocupam pouco espaço, são saciantes e uma excelente opção para entreter (quando não sabemos a hora da próxima refeição). Quem diz maçã, diz pêra, morangos, ananás… As opções são muitas.

4. Bolachas

Existem bolachinhas de aveia, tâmaras, maçã…

Se não tiveres tempo para fazer as tuas prórpias bolachas (embora seja o mais recomendável) podes optar pelas bolachas de aveia da Rude Health. Adoro!

5. Granola da Trinca

Esta granola nunca falha! Coloco-a sempre em embalagens pequeninas (de papel ou papel de alumínio) e é uma excelente opção porque pode ser comida a seco ou com iogurte e/ou bebida vegetal. A granola é algo super nutritivo, que saceia durante longas horas. E estas são as minhas favoritas!

6. Queijinhos individuais

Costumo levar sempre os “babybel light”: são uma excelente escolha para ter a proteína e cálcio que necessitamos durante uma viagem de avião.

7. Ovo cozido

Cozido na noite anterior serve como excelente aliado!

Existe lá algum snack mais natural, proteico e rápido de preparar do que um ovo cozido? Contém várias vitaminas e minerais, destacando-se as vitaminas do complexo B que ajudam ao normal funcionamento do sistema nervoso. 

8. Palitos de cenoura ou tomates cereja

Podes levar embrulhados em papel de alumínio para não ocupar tanto espaço. Duas ideias de snacks ricos em proteína e sem exagerar nas calorias!

9. Atum em conserva

Estranho? Nada disso!

Já me serviu de muita ajuda antes de entrar num voo já que é uma excelente fonte de proteína! Além disso, é também um truque para levar na mala quando fores para um destino caro. Levei cinco latas para a Dinamarca: e não sobrou nenhuma! Como dizem lá: “Aqui não há barato; há caro e menos caro”. Mas atenção: eu adoro provar a gastronomia típica de cada país, e ali não foi excepção, também o fiz (só que em menor quantidade do que noutros sítios). Vê tudo sobre essa viagem aqui.

10. Iogurte de beber

O descobrimento mais recente foi o Activia Smoothie&Go. É realmente bom, a nível de sabor e a nível nutricional. Uma óptima opção para levar a bordo!

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach