Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

9 curiosidades que eu não sabia dos equatorianos

Viajar ao Equador foi como ter a confirmação daquela frase do Aldous Huxley: “Viajar é descobrir que todos estamos errados sobre os outros países”. Aqui vos explico 9 coisas que eu não sabia dos equatorianos.

Ía com a ideia de que o Equador era um país muito desigual, com muita pobreza e desigualdades sociais. Mas saí deste país gratamente impressionada.

É um país com uma classe média bastante presente, com um nível de educação bastante aceitável e diria até avançado em certos aspectos. Não via lixo no chão em praticamente nenhum dos lugares que visitei (como aconteceu no Perú, por exemplo)… As pessoas eram bastante civilizadas e ajudavam-nos sempre que podiam. Enfim, vim de lá a saber que nada sabia deste país.

Depois de um mês e meio por lá, de criar a minha rotina em algumas das aldeias mais bonitas deste país, fui recolhendo uma série de curiosidades:

1. Pipocas como aperitivo nos restaurantes

Sim, como em Portugal colocam a manteiga e os patés com o pãozinho, no Equador dão-te pipocas e um molhinho picante (que normalmente colocam nas sopas). No mínimo curioso, não?

2. Têm sempre sopa de primeiro prato

Pensavas que era só em Portugal que havia – religiosamente – sopa de primeiro prato? Não. No Equador também! E podes chegar a familiarizar-te muito com elas, porque usam bastante os coentros 🙂

3. Bebem sempre sumo natural às refeições (nunca álcool!)

Foi algo que nos surpreendeu imenso no Equador. Tanto crianças como adultos: o sumo natural ao almoço é religioso. Não bebem álcool com a comida, nunca. Houve até uma vez que nos sentámos numa mesa com uma familia de equatorianos (porque não tinhamos lugar no restaurante) e falámos com eles sobre isso, e eles acharam super estranho o facto de nós bebermos cerveja e vinho durante as refeições.

Culturas totalmente diferentes, como podem ver! Ah, outro detalhe, também não ficam a fazer serão na mesa. Comem e vão embora. E os empregados são super rápidos a servir a comida! Ás vezes demasiado rápidos! 🙂

4. Há álcool e tabaco à venda mas não os vejo a beber nem a fumar 

O vinho e a cerveja são bastante caros para os equatorianos, mas também não é que sejam baratos para os europeus. O preço de uma cerveja grande ronda os 3,5 euros e o do vinho é caríssimo porque vem todo de fora (tendo em conta os preços e qualidade do que estamos habituados em Portugal).

5. “Siga” quando entras num sítio…

Dizem sempre essa palavra quando pedes mesa para almoçar ou jantar. Fazia-me graça.

6. Quando te recomendam um sítio nunca te dizem o nome do sítio

Aconteceu-me várias vezes. Explicam-te como é o sítio fisicamente, por fora, a quantas quadras está (na América eles guiam-se por quadras), mas raramente te dizem o nome dos restaurantes, lojas, ou o que seja que estejas à procura.

7. Nos supermercados os produtos não têm preços

Esta é incrível!

Ao início pensávamos que era uma coisa dos supermercados de Quito, que foi a primeira cidade que visitamos (onde aterramos), mas com o passar do tempo fomos vendo que era algo generalizado, que era algo típico do país. E é muito incómodo ter que andar sempre a perguntar o preço das coisas, mas afinal de contas, era o que tinha de fazer sempre. Muitas vezes nem os próprios donos dos supermercados os sabiam!

8. Metem rótulos de quantidade açúcar, sal e gordura em tudo!

Esta é a minha favorita, e demostra que em certas coisas o Equador é bastante mais avançado que muitos países da Europa. Se algum alimento continha altos níveis de açúcar, sal ou gordura, era perfeitamente rotulado para que a pessoa soubesse disso.

Na Europa a informação não é tão clara. Tens de te informar que ingredientes contem, pesquisar o que são, e só depois é que te sentes preparado para analisar uma tabela nutricional e tirar as conclusões.

9. Dentro dos autocarros colocam a matrícula visível (se quiseres fazer alguma queixa do conductor)

Verdade. Se achares que o conductor do autocarro está a ir a uma velocidade superior à que deveria, podes rapidamente enviar uma mensagem ao número que te colocam em rodapé no autocarro e enviar uma mensagem com a matrícula do respectivo, o dia e hora. Europa, toma nota!

10. Queres carregar o telemóvel? Vai à farmácia!

É cómico, não é? Achei tanto! O que é que uma coisa tem a ver com a outra? Efectivamente, mas é assim mesmo. Além disso nas farmácias também vendem água e refrescos. 😉 Coisas curiosas…

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach