Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

A floresta sagrada dos macacos, em Bali

Mesmo no centro de Ubud é possível encontrar a Floresta sagrada dos macacos, uma reserva natural de mais de 27 hectares de extensão. Atenção! Não tem nada a ver com jardim zoológico. Os macacos aqui estão em total libertade, numa enorme área de mata preservada na área de Pandagtegal em Ubud. O lugar é cheio de enormes árvores, vales, riachos, pontes e templos hindus, religião predominante em Bali. O bosque dos macacos contém uma densa e variada vegetação composta por mais de 100 espécies diferentes de árvores e mais de 340 macacos. Além disso, no meio deste verde manto do bosque, podemos encontrar vários templos e um cemitério.

É uma visita muito divertida!

O macaco é um dos vários animais sagrados da religião predominante na ilha de Bali: o Hinduísmo. Essa é uma das razões pelas que Bali é tão especial em relação ao resto da Indonésia. No resto do país predomina a religião muçulmana e só em Bali predomina em maior parte a religião hindu, e isso nota-se no carácter das pessoas.

Mesmo que esta seja uma visita segura e super divertida, não é recomendável aproximar-se dos macacos nem dar-lhes de comer, porque podem ser agressivos. Não é que eu tenha visto isso, mas pode acontecer. É mesmo divertido vê-los a brincar no lago, a roubar bonés aos turistas (lol), a catar piolhos (sim, verídico!), a lutarem e a defenderem os filhos, ou simplesmente a olharem para a floresta com um ar tão humano que é impossível parar de contemplar.

Ps. Não leves objectos que eles possam roubar como bonés, atenção aos telemóveis… É comum eles quererem roubar esse tipo de materiais.

Leave a comment

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach