Skip to content Skip to footer

As dietas não funcionam

Algumas pessoas insistem em não ter uma relação saudável com a comida, em pesar o que comem ou mesmo em evitar uma série de alimentos, enquanto outras são mais relaxadas em relação à comida. Uns consideram-se saudáveis comendo alimentos de origem animal, ou glúren, enquanto outros preferem ser vegetarianos ou veganos, porque acham que isso é o mais saudável para elas.

Há correcto ou errado?

Obviamente que não. O que é certo é que quanto mais estrictas são as dietas, mais vendem. Contraproducente ou não, é verdade.

Os seres humanos, como todas as espécies, sabem que o que comem muda tudo. A alimentação tem um papel importantíssimo na nossa vida. Com o tempo, as pessoas experimentam, cometem erros e, lentamente, começam a perceber que as dietas realmente não funcionam. Já te aconteceu?

Pensa comigo: Se não podes dizer às pessoas que tipo de relacionamentos devem ou que tipo de filmes e música é que elas vão gostar… porque achas que deveria ser aceitável dizer às pessoas que tipo de comida elas devem comer? Dito desta forma, não te parece estranho? É que realmente é. Elas têm de descobrir isso por si próprias.

A comida de uma pessoa pode o veneno de outra. É muito importante que tu que estás aí desse lado a ler este post entendas isto. 

Quando tu queres determinar o que comer, realmente precisas de te fazer várias perguntas: quem és, de onde vens, o que pretendes, quais são as tuas condições de saúde, as tuas limitações e alergias/intolerâncias… Temos de analisar aspectos como:

Género

Os homens e as mulheres comem de maneira diferente. O que funciona para as mulheres pode ou não funcionar para homens. As pessoas podem mesmo criar uma doença devido às suas escolhas alimentares (muitas vezes, forçadas).

Idade

Comemos de maneira muito diferente em diferentes idades. Pensa na energia que tu vais precisar durante os teus dias e no futuro, para atingir as tuas metas de forma mais saudável.

Cultura

Todos temos uma predisposição genética para comer os alimentos que nos são mais familiares: os que os pais cozinharam quando eramos umas crianças, por exemplo.
Quais são seus alimentos favoritos? Que alimentos alimentam o teu corpo e alma?

Cravings

Deves entender como desconstruir os desejos por comida/açúcar. No “Guia Completo do Açúcar: Da teoria à prática”, ensino-te a evitar o açúcar, a compreender porque te vicia e a cozinhar com os melhores açúcares!

Quando te concentras só num objetivo (p.exemplo, emagrecer) e não complementas com a parte mental… voltas a recorrer aos métodos anteriores. 

Acho que este coach book te vai poder ajudar:

Deixa o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach