Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Belgrado: Uma Surpresa que Sempre Esteve Aí!

É uma das cidades mais antigas da Europa. No entanto não consta na lista das mais visitadas. Belgrado foi uma lufada de modernidade e beleza que me fez esquecer o passado bélico de um país que presume de um optimismo evidente. Saí de Arad (Roménia) bem cedinho para chegar a Belgrado e poder aproveitar bem a cidade num só dia. Cheguei e fui até ao Hostel Fair and Square para deixar as coisas antes de começar “a ser turista”. Além da localização, da decoração bem moderna e dos quartos super baratos, a simpatia das pessoas conquistou-nos logo. Enquanto estávamos a fazer o check-in ofereceram-nos um café. Que mais queríamos naquela manhã fria? É um pormenor importante.
img_0920
Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.16.40Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.16.49
Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.16.57Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.17.11Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.17.21
Atravessei o Parque Tasmajdan e visitei a St. Mark’s Church (“Igreja de São Marcos”, que está atrás de mim), que ainda está em restauração, devido a ter sido bombardeada pelos alemães durante a 2ª Guerra Mundial. É uma das maiores da Sérvia, e para mim, é impressionante pela sua arquitectura.

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.17.33

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.17.49
St. Mark’s Church

St. Mark’s Church

Rumo ao centro da cidade pude apreciar o belo e indiscreto Hotel Moskva, pela sua imponência, cor e estética. Está ali desde 1906 e é uma relíquia do governo sérvio, por ser um dos mais antigos da cidade e por ter alto reconhecimento arquitectónico!

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.17.58
Hotel Moskva

A movimentação na Kneza Mihaila (o nome da rua principal do centro histórico de Belgrado) é sem dúvida contagiante pela alegria que transmite. Além disso, é uma rua que está muito cuidada, considerada uma das zonas mais valiosas de Belgrado.
 

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.18.11
Um bar onde parámos para tomar café na rua Kneza Mihaila

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.18.18

No final da rua Kneza Mihaila, que tem 1 quilómetro de extensão, encontrarás o ex libris da visita: A Fortaleza de Belgrado, onde está também o Parque Kalemegdan. Aqui, a vista para o Danúbio Azul é o posto de relax de muitos. E com razão.

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.18.25
Parque Kalemegdan

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.18.46
Parque Kalemegdan

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.06
Parque Kalemegdan

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.13
Parque Kalemegdan

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ao final da tarde e com a fome a apertar, decidi passar pelo antigo bairro boémio, Skadarlija, que se tornou famoso pelas várias personalidades da cidade que o frequentavam antigamente e pela excelente gastronomia que os restaurantes e bares ofereciam e ainda oferecem!

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.21
Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.28
Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.35
Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.41
Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.19.51
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Nós provámos a típica pljeskavica com batatas, e podemos dizer que…é contundente! Esta travessa que vêem em cima é para duas pessoas. Além disso, ofereceram-nos um pão de alho delicioso como entrada! Algo irresistível para quem entra com uma fome descomunal.

Captura de pantalla 2016-04-11 a las 16.20.04
Narodna skupština (Assembleia Nacional da Sérvia)

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Durante a noite Belgrado continuava irreverente, rebelde como de dia.

E eu, fui-me embora com a certeza de que quero voltar a explorar esta cidade “esquecida”, mas que afinal, sempre esteve aí.

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach