Skip to content Skip to footer

Como fortalecer o sistema imunitário?

O sistema imunitário é complexo, pois envolve uma data de células, proteínas e órgãos , e por isso, não se resume a um órgão específico. Mas tem um objetivo muito concreto: O proteger-nos de potenciais ameças externas.

Existem dois sistemas imunitários importantes: o inato e o adquirido O primeiro, nasce connosco. O segundo, são as respostas que o organismo desenvolve contra infecções por patógenos potenciais, conhecidas como respostas imunes.

Quando o sistema imunitário reconhece corpos estranhos, vai fazer de tudo para não ser atacado por eles.

E para isto, ele tem várias linhas de defesa:
  • A pele (que impede que substâncias estranhas entrem no corpo);
  • As membranas mucosas (que revertem o nosso trato gastro intestinal);
  • O ácido no estômago (que nos protege de alguma bactéria e vai matar grande parte das bactérias para que não cheguem ao nosso organismo e não causem doença);

Quando esse sistema não funciona, temos a segunda linha de defesa, a capacidade de produzir uma resposta inflamatória, com o objetivo de atacar algo estranho. A resposta inflamatória é o que nos vai proteger dos ataques. O sistema adaptativo é a memória imunológica e que nos vai protegendo ao longo da vida. E dentro deste sistema, ainda existem mais subdivisões!

Por exemplo, quando nós temos febre, a nossa temperatura corporal aumenta para que o ambiente seja menos favorável ao vírus. Ou seja, não é propriamente o vírus que está a acausar a febre, mas sim a resposta do nosso sistema imunitário.

E quando um sistema imunitário que reage em excesso ao que não devia…?

Surgem as doenças auto-imunes. Uma doença autoimune aparece por causa do mau funcionamento do sistema imunológico, em que o sistema ataca, por engano, tecidos saudáveis do próprio corpo. Por isso, em certos casos, fortalecer nem sempre é a solução. Geralmente são crónicas, não são transmissíveis e podem ser controladas com tratamento.

Detalhes importantes sobre doenças auto-imunes:
  • Ainda não se sabe o que desencadeia as doenças autoimunes.
  • Os sintomas variam de acordo com a doença e a parte do corpo afetada.
  • São realizadas diversas análises sanguíneas para detectar uma doença autoimune.
  • O tratamento depende do tipo de doença autoimune e frequentemente inclui fármacos que suprimem a atividade do sistema imunológico.

Fonte: https://www.msdmanuals.com/pt

Sintomas de Imunidade baixa 
  • Infecções constantes;
  • Cansaço e desânimo;
  • Enxaqueca frequente;
  • Náuseas, vómitos e diarrEia;
  • Febres frequentes.

Sinais de Imunidade alta
  • Maior disposição;
  • Sono tranquilo;
  • Produtividade alta;
  • Baixa ocorrência de sintomas.

Algumas medidas para fortalecer o sistema imunitário:

  • Manter as medidas de higiene básicas (sempre; não apenas pelo covid, pois não é o único vírus que existe);
  • Cumprir o plano nacional de vacinação (super importante!);
  • Manter uma alimentação saudável (onde se privilegiam todo o tipo de alimentos, quanto mais coloridos, melhor);
  • Gestão de Stress Agudo e Stress Crónico (este é muito importante);
  • Dormir bem (este é importantíssimo);
  • Fazer exercício físico regular;

Se te centrares em trabalhar todos estes pontos, todos os dias, vais ver resultados.

E os suplementos vitamínicos, ajudam?

A suplementação com vitaminas faz sentido quando temos um défice nutricional. Se não tivermos um défice, a suplementação, às vezes nem faz mal, mas pode fazer. Por exemplo, a vitamina C pode ter alguns riscos se for tomada em exagero, uma vez que pode ocasionar alguns distúrbios gastrointestinais como diarreia, cólicas e até, aumentar as pedras nos rins.

Em relação à vitamina D, ainda é controversa, a nível científico, porque existem alguns estudos que indicam que mesmo tendo défice de vitamina D, não se chegou à conclusão de que a suplementação é assimilada da mesma forma. No entanto, se suplementares com vitamina D, fica a saber que é solúvel em gordura.

O Selénio e o zinco e a B12 são também essenciais neste reforço.

No entanto, mais do que a suplementação, é importante manter uma alimentação com grande variedade de alimentos, com muitas cores. É muito mais importante fazer uma alimentação variada, do que gastar dinheiro em suplementos. E ainda mais importante: Se fizeres tudo isto e não dormires bem, é idêntico a “nada disto serve”.

Sobre a Dora

A Dora é uma Health Coach apaixonada pelo poder dos hábitos para atingir a mudança. Além disso, ela acredita que é através do movimento que nos entendemos melhor.

Ver Serviços

Deixa o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach