Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Cuicocha: A lagoa mais bonita do Equador…

Catorze quilómetros de puro trekking à volta da lagoa… Com uma paisagem de cortar a respiração. Literalmente, a altura não facilitou!

Começamos o trilho logo de manhã. A lagoa de Cuicocha encontra-se em Cotacachi, numa aldeia que fica a 120 km, a norte de Quito e a uma altura de 3.068 metros. É uma caldeira vulânica, cráter vulcânico, ao pé do vulcão de Cotacachi, na cordilheira ocidental dos Andes equatorianos.

Acredita-se que este vulcão era ainda maior que a aldeia de Cotacachi. O vulcão colapsou e ficou com menos de metade do tamanho original. A partir de aí a lagoa formaría-se. Uma nova erupção fez com que as ilhas fossem criadas. A lagoa está localizada dentro do Parque Nacional Cotacachi Cayapas, a cerca de 14km de Otavalo, outro centro importante a conhecer.

Por motivos de trabalho tivemos de ficar em Cotacachi por mais dias dos que esperavamos…

Mas foi toda uma alegria! Totalmente diferente do espírito de Quito, este ambiente conquistou-nos desde o principio. É uma aldeia super tranquila e que convida a ficar. Estivemos numa casa de indígenas e a experiência foi autêntica e super enriquecedora.

Fomos de Cotacachi à lagoa de taxi. Já conheciamos o Milton, o taxista que nos tinha levado desde o centro até à casa dos indígenas no dia anterior, então ficamos com o contacto dele e aproveitamos. A partir de aí foi o nosso contacto de confiança.

As minhas dicas (antes de fazer estre trekking):
  1. Vai bem cedo porque o sol aqui é forte e com o passar das horas o calor e a dificuldade aumenta.
  2. Leva um casaco próprio para a chuva, no caso de pingar. No nosso caso fez um tempo excelente, mas pode ser que chova. Assim vais prevenido!
  3. Mete protector solar! Eu coloquei protector (factor 50) só na cara e mesmo assim queimei um pouco a testa. Qual foi o meu espanto quando acabei de tomar banho e vi que me tinha queimado nas mãos. Nas mãos, pessoal! Como é possível? É verdade, o sol aqui não é brincadeira.
  4. Leva comida e bastante água. O percurso ainda é longo, e vais ver que vais agradecer uma sandes ou uns snacks a meio do caminho!
  5. Se não fazes desporto, pode ser que tenhas de treinar antes. Eu penso que o percurso é de nivel médio. Penso que não é apto para pessoas que não estão habituadas a fazer desporto. Pode ser arriscado. No entanto, é sempre um bom motivo para começares a treinar!
  6. Leva o telemóvel ou a câmara para registar as paisagens, porque vai valer a pena!

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach