Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

A minha opinião sobre consumo de proteína (dicas & receitas)

Tenho lido muitas perguntas relacionadas com sobre este tema, e queria falar dele aqui no blog. Não sou nutricionista e este post não serve para aconselhar ninguém a tomar ou não tomar proteína. É um resultado da minha curta investigação sobre este tema, por isso, as vossas opiniões também são bem-vindas!

Quando usar suplementos de proteína?

Todas as pessoas, (independentemente do objectivo de cada um, composição corporal, actividade física, idade…) necessitam de uma quantidade diária de quilocalorias, proteína, gordura e hidratos de carbono (além de fibra, vitaminas, minerais…).

E há pessoas, que por qualquer motivo, não conseguem chegar com a comida sólida à quantidade de proteína necessária consumir diariamente. Seja porque não têm apetite, porque se cansam rápido de comer carne, peixe, etc (não só são importantes os alimentos que ingerimos, como também a quantidade que ingerimos). Então, é aí que as pessoas procuram os suplementos. Os suplementos como Whey Protein podem ser indicados para pessoas que praticam exercício e que querem aumentar os músculos e ter mais definição muscular, como os culturistas, pois as proteínas são as “peças” que formam os músculos.

Para quem faz exercício a quantidade de proteína a se ingerir pode variar entre 1 a 2,4 g de proteína por Kg de peso corporal por dia, dependendo da intensidade e do objetivo dos treinos, por isso, é MUITO IMPORTANTE consultar um nutricionista para calcular a necessidade exacta.

Os sintomas do excesso de proteínas no organismo podem ser:

  • Desenvolvimento da aterosclerose e de doenças cardíacas;
  • Osteoporose, pois o excesso de proteína pode causar aumento da excreção de cálcio;
  • Pedra nos rins;
  • Aumento de peso;
  • Problemas no fígado

É importante ressaltar que a maior parte das pessoas que desenvolve estes sintomas de excesso de proteínas, por norma, têm uma pré-disposição genética, um problema de saúde ou usaram suplementos de forma inadequada.

Existem vários alimentos com proteína, como é o caso da carne, ovos, bacalhau, lentilhas, sardinhas, ervilhas…
Ao consumirmos carne branca ou vermelha estamos a assimilar os músculos desses animais que são compostos, essencialmente por aminoácidos. No entanto, essas proteínas podem não chegar ao organismo por qualquer motivo. Se não praticares exercício, os músculos do corpo não estão a ser tão exercitados ao ponto de causar rupturas nas fibras (que necessitariam de novos aminoácidos para “curar” as fissuras causadas pelas lesões da atividade física). Então esses aminoácidos assimilados pelo corpo depositam-se em locais que servem de reserva de energia, assim como o abdómen, os quadris, e, até mesmo, em órgãos e veias.

Eu não costumo tomar suplementação . De vez em quando tomo proteína vegetal que contém também spirulina, clorela e matcha. Apesar de saber que as proteínas vegetais são deficientes em aminoácidos, não é algo que me preocupe porque ingiro aminoácidos através de outros alimentos.

ATENÇÃO!

De qualquer forma, e independentemente de treinares ou não, o que te recomendo com toda a certeza é a visitar um nutricionista. Ninguém vai ser mais indicado para te aconselhar a tomares suplementação, porque vai estudar o teu caso em particular.

Bons treinos e boas refeições!! 😀

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach