Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

É isto que eu faço antes de ir correr

Foto: João Matos

Sim, porque mesmo nesta época tento que haja tempo para fazer desporto (estou a escrever este post perto da data do Natal). É algo que já faz parte da minha rotina, da minha vida. É como um ritual que deve ser mantido para que o dia “corra” bem.  E correr é, sem dúvida, uma das coisas capaz de alegrar mais os meus dias!
Desde que comecei a correr, houve muitas coisas que aprendi e aperfeiçoei ao longo dos tempos. Conto-vos algumas aqui:

1. Corro com roupa cómoda… Enfim, como se fosse nua!

Tipo capa de cebola, estão a ver? Daquela que dá para tirar e vestir facilmente, porque ninguém quer parar o treino só para voltar a vestir-se. Nem ninguém quer morrer de calor dentro de um casaco impróprio para correr. Nem a sofrer com uma peça de roupa pesada!
Enfim, usa roupa como se te sentisses nu. Ou nua.


img_0506

2. Durmo, pelo menos, 7 horas na noite anterior

Não dormir, mata-me.
O meu corpo ralenta-se, a minha capacidade de atenção diminui, os reflexos não sei onde andam e a energia cai por completo. Suponho que acontece o mesmo contigo, porque a falta de sono é mesmo uma das coisas mais importantes, tanto na preparação para o exercício como depois na recuperação muscular de um desportista.

3. Bebo meio litro de água antes de sair

Essencial para que o nosso corpo esteja hidratado antes de perder líquido. Simples, não é?
Às vezes treino durante uma hora seguida sem parar para beber água, e se não tiver bebido água suficiente antes de sair a correr, a partir da primeira meia hora já começo a sentir sede. Mas se parar a meio do treino também não bebo como se não houvesse amanhã.
 

4. Não me esqueço dos meus óculos de sol e ponho protector solar (sim, no inverno também!)

Os nossos olhinhos são preciosos não são? E a pele que os reveste também. Por isso gosto de cuidar deles. Confesso que antes não me importava com isso, e expunha a cara ao sol durante horas, sem ter mesmo preocupações com as consequências. Coisa que não faço agora porque percebo o mau que pode vir daí. Afinal de contas, a cara é a nossa imagem de marca.
E eu também adoro ficar morena. Sim, quem me conhece sabe. Todos ficamos mais bonitos com um tom moreno, mas a conservação da pele está primeiro. Quem concorda?

5. Como sempre antes de ir treinar, tento não ir correr em jejum…

E se alguma vez o fiz foi porque não tinha mesmo outra hipótese. De qualquer forma quando o faço, sei que o treino vai ser curto e de pouco rendimento, porque a máquina precisa de alimento para funcionar!
Uma peça de fruta nem que seja. Uma banana, uma bolachinha (de preferência feitas por ti – vê esta receita), mas come algo!
Aqui podes ver alguns exemplos do que preparar antes de ir correr.
 

6. Selecciono a hora ideal para correr

Quem me acompanha nas redes sociais, e principalmente no Instagram, sabe que adoro treinar de manhã. Faço-o sempre quando posso. No inverno gosto de correr antes de almoço e no verão (dependendo do sítio onde estou), corro de manhãzinha cedo ou então mesmo ao final da tarde. Aconteceu estar em Itália (Sicilia) ou em Espanha (em Menorca e Maiorca) e ter de ir correr ou mesmo muito cedo ou muito tarde porque simplesmente era impossível correr noutra altura do dia. Começa a fazer calor muito cedo e com temperaturas muito altas não é nada recomendável fazer exercício físico.
 

7. Comprei umas sapatilhas para correr, com bom amortecimento

Deves tentar encontrar um calçado adequado ao desporto que pratiques. Tanto seja running como outra coisa, porque a mecânica do calçado está feita para responder ás necessidades que cada desporto exige… Vê aqui as minhas dicas a ter em conta antes de comprares umas sapatilhas para correr.
 

8. Ás vezes também corro na passadeira!

Embora prefira mesmo treinar em outdoor, ás vezes há treinos indoor que sabem mesmo bem. Pela minha experiência – que comecei há pouquíssimo tempo a usar a passadeira! – é um óptimo exercício para quem está a começar no mundo do #running!
Podes controlar a velocidade, o ritmo e não mudá-lo durante o treino, podes corrigir a tua posição corporal e é uma óptima opção para os dias que chove e morres de vontade de ir correr! Parecendo que não, na passadeira parece que algo “te obriga” a continuar. Eu diria que – talvez – para correr na rua, precisas de ter ainda mais motivação. 😉
Diria que a junção dos dois é perfeita!

9. Não corro todos os dias!

Bem eu gostava ás vezes, mas há outros exercícios que devemos realizar (além de correr), não só para ter melhor desempenho durante a corrida como também para desenvolver outras partes do nosso corpo que se calhar nem treinamos muito. Correr dias seguidos pode levar a lesões complicadas e isso significa ficar muito tempo sem fazê-lo. Além de que os joelhos agradecem, e muito, que façamos outros exercícios. Eu gosto muito de complementar o running com o mountain bike e com a natação!
 
Bons treinos!!

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach