Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Erros a não cometer quando começas a fazer desporto

Quando começamos a treinar existe um misto de sensações: mistério, espectactiva, por vezes ansiedade por resultados imediatos, ignorância (por chegar ao ginásio e não entender nadinha de como funcionam as máquinas). Faz tudo parte de um processo que pode ser muito divertido e também muito gratificante!

1. Não definir objectivos – praticamente – impossíveis de atingir

“Vou parar de comer hidratos de carbono para perder gordura”, “vou começar a correr todos os dias 10km ás 6 da manhã”…

Além de serem muitas vezes arriscados e talvez perigosos, muitos desses objectivos são difíceis de conseguir , por vários motivos. E, geralmente, esses objectivos são também meio caminho andado para deixares de fazer desporto porque não vês resultados imediatos, como pensavas que ias ver, porque também não cumpres com aquilo “que te tinhas prometido”.

Define objectivos mais reais, e que realmente saibas que possas pôr em prática.

2. Para melhorar, escreve o que vais fazendo.

Para te orientares e até, para saberes se realmente estás a melhorar, escreve o que fazes no treino, quanto tempo demoras, quantas séries foste capaz de fazer, quantas repetições de cada série, quantos quilómetros fizeste (e em quanto tempo), que pesos usaste…

Assim vais poder destacar os teus sucessos e também os insucessos, o que fará que possas comunicá-los a algum PT (se algum dia optares por ter um) e assim este te poderá auxiliar a alterar as suas rotinas e alcançar os seus objectivos.

3. Não ter um plano!

Um plano de treino pode ajudar muito quando estamos a começar a fazer exercício pelas primeiras vezes. Até digo mais, é recomendável contratar um Personal Trainer que nos oriente um pouco. E isto só tem benefícios no início, porque o profissional além de fazer um plano de acordo com o teu caso particular e necessidades, vai acompanhar o teu crescimento e vai-te ensinar novos exercícios (que podes fazer no futuro ti sozinh@). Além disso vai ser menos provável que te lesiones com acompanhamento do que sem ele. Pelo menos quando começamos…

4. Não aquecer e não alongar depois do treino

Alongar tanto antes como depois do exercício físico é algo que muita gente ainda se esquece de fazer. Por mim falo, que muitas vezes me esqueci de o fazer. Mas fazê-lo traz muitos benefícios ao nosso corpo. Neste artigo falo mais sobre isto.

5. Desistir (cedo demais)

A persistência é a chave de tudo. A consistência é super importante quando temos objectivos a alcançar. O “estarmos cansados, deprimidos, ou outra coisa qualquer” têm de ser vencidos pela força de vontade. Senão, esquece.

6. Treinar demasiado e passar fome

Não é por passares duas horas no ginásio “a dar tudo” durante 6 dias por semana  que vais ter resultados mais rápidos e eficazes. O descanso e a moderação são muito importantes neste processo. Aqui falo da importância de descansar quando treinamos. Passar fome é outro erro muito comum, e por norma, não dura muito. Por algo será. Aqui falo do que acontece ao nosso corpo se deixarmos de comer.

7. Deixar de comer hidratos de carbono

É um crasso erro e também um grande mito em relação ao emagrecimento. Os hidratos de carbono são o que dá energia necessária ao nosso corpo para a actividade física e diária. O hidrato de carbono consiste numa molécula de açúcar, na união de carbono, hidrogénio e oxigénio e é imprescindível para o nosso bem-estar e equilibrio. Precisamos deles para treinar. Aqui podes ver dez dicas de como emagrecer de forma saudável.

Estes são os principais erros que destaco e que podem ser evitados quando começamos a fazer exercício sem ter conhecimento de praticamente nada. Espero que ajudem!

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach