Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Meloa e Granola caseira (receita!)

Já não estamos na época das meloas, mas é uma fruta refrescante que gosto muito de comer ao pequeno-almoço. É rica em hidratos de carbono, vitamina A e C, e é indicada para quem tem problemas renais, excesso de ácido úrico e reumatismo. E muito diurética.

A meloa é antioxidante, acalma a sede, neutraliza a acidez e é rica em potássio (óptimo para desportistas), tem baixo teor de sódio e gordura e óptimo para tratar a hipertensão.

Como comprar uma meloa?

Primeiro, deve pesar e mesmo que seja pequena, deve ter uma cor forte e casca firme. Tal como o melão ou a melancia é uma fruta que deve ser consumida o mais rápido possível. No caso de não a quereres comer toda de uma vez, também tens a opção de a congelar ou até de usar para fazer smothies.
A fibra da meloa ajuda a baixar os níveis de colesterol do sangue e a regular o apetite. Deve comer-se fora da refeição ou no início porque fermeta rapidamente no estômago.
 

 COMO FAZER GRANOLA CASEIRA?

Bem, é muito simples.
Pões uma frigideira ao lume, deixas aquecer durante 1 minuto e colocas todas as sementes que tiveres lá dentro. Eu coloquei sementes de abóbora, sementes de sésamo, de chia, bagas goji e aveia. Imediatamente depois, colocas duas colheres de sopa de mel ou charope de agave. A fogo lento, remexes todas as sementes lentamente, e deixas que o charope ou o mel se envolva bem nas sementes até que sintas um cheiro a tostado e que vejas as sementes a escurecer ligeiramente. Depois, quando vês que começa a ficar um bocadinho espesso (4 minutos), retiras as sementes da frigideira e podes acompanhar com fruta, iogurtes ou leite vegetal. Bom apetite!

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach