Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

O meu kit profissional de viagem aqui!

Confesso que uma das coisas que menos gosto quando estou a viajar é de passar uma noite em branco, seja num autocarro ou à espera do próximo avião. A cada ano que passa parece que sofro mais com isto e tento evitar, a todo custo, que isto aconteça, mas nem sempre é possível.

No entanto, evitar isto também passa por ter todo um kit preparado para o efeito. Aqui está o meu kit profissional de viagem (e que vai melhorando com o passar dos anos, em que inclui, por exemplo, uma almofada ortopédica).

Aeroporto de Lisboa
O que levo no mini necessaire no avião:
  • Máscara para os olhos

Quando queremos botar uma sestinha no avião, mas as luzes teimam em não apagar-se, os tapa olhos são uma bendição.

  • Tampões para os ouvidos

Juntamente com os tapa olhos podem fazer milagres! (Lol!)

  • A minha almofadinha da Ortopedia que não largo

Confesso que olhava sempre para as pessoas que a usavam e tinha vontade de experimentar uma. Agora posso confirmar que vale a pena levá-la e andar com ela para todo o lado. Esta é a minha e deu-me (e está-me a dar) um jeitão, tanto no avião como nos autocarros onde viajei. Um investimento correcto!

almofada ortopédica molda-se ao contorno da coluna cervical, o que permite um total relaxamento dos músculos do pescoço.

  • Amostras de cremes hidratantes e miniaturas de protectores solares

Não pode falhar. A minha pele fica muito seca quando ando em aeroportos e aviões. Além de ter mais necessidade de beber água, também coloco creme facial várias vezes durante o voo, nas casas de banho dos aeroportos… Além disso nunca sabemos o que pode acontecer. Podemos ter que ficar mais horas no aeroporto do que pensávamos!

  • Batom do cieiro

O mesmo serve para os lábios. 🙂

  • Gel lubrificante para o nariz

É talvez com o que mais sofro quando voo e quando viajo para zonas com muita altitude, já que muitas vezes sangro do nariz devido ao ambiente seco dos aviões e aeroportos e devido às alturas. Este gel ajuda-me imenso. E desta vez, na viagem à América Latina, onde o relevo é montanhoso e as alturas abruptas, ajudou muuuito!

  • Um pacote de lenços

Se bem que eu sou um desastre com os lenços, tento sempre levar dois pacotes. Dão sempre jeito. Não encho a mala com pacotes. Depois vou comprando à medida que vou necessitando.

  • Fones do telemóvel

Para acompanhar com os tapa olhos e os tampões… Os três já me proporcionaram fantásticas sestas.

  • Caneta!

Pode parecer uma dica estranha, mas muitas vezes à entrada dos países necessitamos preencher documentos (às vezes, dentro dos aviões) e precisamos dela.

Leave a comment

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach