Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Peneda: Paragem sagrada no Gerês

Depois de Lamas de Mouro, onde nos perdemos de bicicleta, e onde passámos uma noite, fomos em direcção á Senhora da Peneda. Poucos quilómetros separam estas duas terras.
E quando chegámos, a surpresa foi realmente grande, pela paisagem incrível!
snapshot_9

Dona de uma beleza impactante, situada entre duas enormes colinas, a Peneda é verdadeiramente intimidante e paragem obrigatória no Gerês.

Esta aldeia é actualmente um atrativo turístico devido ao santuário da Senhora da Peneda, que, conta a lenda, apareceu nesta aldeia e que foi vista por uma pastorinha. Esta contou aos pais o sucedido, mas eles não acreditaram. Por isso, a Senhora voltou a aparecer e disse á pastorinha para levar até ela uma mulher da aldeia que estava doente há muito tempo com a promessa de que a curaria. Quando esta senhora que estava doente viu aquela imagem da Senhora da Peneda, ficou de perfeita saúde e longe dos males que padecia.
Por isso, a Peneda é nos dias de hoje, um dos destinos de peregrinação do Gerês, onde chegam muitas pessoas da Galiza e do Norte de Portugal.
ggg-1
Estacionámos a caravana mesmo no parque que vemos atrás de mim na fotografia.
Durante uma conversa com o senhor de um café, este disse-me que dantes, quando eram as festas da aldeia, vinham muitos mais peregrinos que ficavam na aldeia semanas inteiras. Mas agora, como o acesso de carro é muito mais fácil, faz com que já não haja tanta gente que visite esta aldeia. Por isso, todos os edifícios que rodeiam o santuário (que serviam para albergar peregrinos antigamente), estão praticamente vazios e a aldeia não tem muita gente que os visite, a não ser nos meses de verão.
 
img_4844

Mas houve percurso pedestre…

E como não poderia deixar de ser, fizemos um percurso pedestre pela aldeia, que era para ser de 10km mas que afinal foi de menos porque recebemos trabalho para entregar naquele dia, e precisavamos desse tempo para fazê-lo.
De qualquer das formas, aproveitámos parte da manhã para escalar a montanha desenhada atrás do Santuário (que é por onde começa o trilho de 10km) e chegar a um dos lagos mais exuberantes que vi: o Lago da Peneda.
Aviso já que é preciso um pequeno-almoço contundente para subir toda a encosta até chegar ao Lago!
 
img_4827-copia
(Esta parede é muito famosa para os praticantes de escalada. Havia uma placa que avisava que só era recomendado praticar escalada aqui quem tivesse um alto nível de confiança em si mesmo)…Fácil sentir a tensão, não?

img_4810-copiaA aldeia da Peneda, avistada deste a encosta da Peneda, ainda a meio do trilho para o Lago.

img_4815

E finalmente, o Lago… e eu!

 
 

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach