Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Sicilia, o paraíso do mediterrâneo

Há muito que queria falar de Sicilia e agora sinto que é o momento para o fazer de forma mais lúcida, porque estou cá de novo e volto a sentir tudo como se fosse a primeira vez. É um prazer voltar a pisar terreno siciliano e aproveitar todo o esplendor pitoresco que a maior ilha do mediterrâneo nos oferece.  Sicilia pode ser uma ilha com muitos problemas, entre eles a gestão do lixo e a máfia. Pode também ser uma das zonas mais pobres de Itália. Não sei se será por isso mesmo que tal encanto é incomparável com outras ilhas do Mediterrâneo.

Falar de Sicilia é …

Falar de autenticidade e de valorização do património histórico. É viver completamente integrados com os restos arqueológicos que os antepassados deixaram. Sicilia é falar de águas azul turquesa rodeadas de enormes montanhas que um dia desejarias subir. É falar de vulcões, de teatros romanos dentro de muralhas no topo de alguma cidade. É falar de mercados de frutas, velharias, de livros e peixe bom e barato. É regatear. Que quando te vejam a passar mais de uma vez por aquela rua te cumprimentem sempre com um “buongiorno, ragazza!”. É comprar pizza em vez de pão. É deliciar-te com os gelados e se o estômago te permitir, com canolos sicilianos. É tomar um granizado ou um gelado para suportar o calor.

É, como não poderia ser de outra forma, beber bom café e passear de noite com temperaturas de dia. É poder sentir diferentes cheiros e sabores que só uma natureza pura é capaz de oferecer. É subir montanhas para ver a vida de alguns vulcões que continuam activos, como o Etna, Vulcano e Stromboli. É ser testemunha de um país com uma arte que se soube cimentar e permanecer intacta ao longo dos séculos. É viver a vida.
Ver Também: LIPARI, O SUSPIRO DO MAR TIRRENO
IMG_1590 IMG_2313IMG_1238
IMG_1052 IMG_1041 esta

Leave a comment

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach