Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Uma sopa de feijão verde sem batata nem courgette!

Nós, portugueses, temos o hábito de comer sopa…e é um aliado tão grande para uma alimentação saudável e equilibrada! Uma óptima solução para os dias em que não apetece nada ou muito pouco cozinhar.


Hoje experimentei misturar uma boa quantidade de legumes e verduras que tinha no frigorífico: cherovia, cenoura, porro, aipo, nabo, espinafres, Biovivos de girassol, e por fim, feijão verde.  E o que vale é que quando o faço, é em quantidades industriais, que pelo menos dê para três ou quatro vezes.


Esta sopa ficou com um sabor diferente da que estou habituada, e porque suponho, não leva batata (que agora substituo sempre por courjete) nem leva courjete. O toque final dá um sabor a acachofra. Gostei muito!


Receita Sopa de Feijão Verde | Doramatos.com
Decidi, por isso, pesquisar sobre as propriedades e benefícios de cada um dos ingredientes que usei. Ora vejam.

CHEROVIA

Este vegetal é semelhante à cenoura, mas um pouco mais pálido. Em Portugal há registos deste vegetal a partir do século XIX e é actualmente na Beira Interior que é cultivada. No entanto ainda é um vegetal bem desconhecido para a maioria dos portugueses. É rica em potássio (pode oferecer por 100 gramas, 540g de potássio), um mineral importante para o nosso sistema neuromuscular, em fibra, Vitamina C e K, ácido fólico, cobre, fósforo e manganês.
É boa fonte de Vitamina E, B6 e B1, cálcio, ferro, magnésio, é isenta de colesterol e baixa em calorias. Os seus benefícios são conhecidos, nomeadamente: melhora o trânsito intestinal; reduz o risco de desenvolver Diabetes tipo 2; reforça o sistema imunitário e melhora a saúde cardiovascular.
Consome-se a raiz primária e parte do hipocótilo cozida (dá sabor anisado.)
 

CENOURA

Lembram-se daquele ditado que a cenoura faz muito bem aos olhos? É dos poucos que está correcto.
As cenouras são ricas em beta-caroteno que se converte em vitamina A no fígado. Por sua vez, essa vitamina transforma-se em rodopsina na retina, um pigmento necessário para a visão nocturna.
Além de prevenir o envelhecimento precoce porque é rica em vitamina A e antioxidantes, ajuda a emagrecer porque tem poucas calorias, a manter o bronzeado e uma pele brilhante porque contém beta-caroteno (que estimula a produção da cor morena na pele), melhora a digestão e fortalece o sistema imunológico e previne doenças cardíacas.
 

ALHO FRANCÊS

Protege os vasos sanguíneos porque contém grandes quantidades de flavonóides que estimulam a producção de óxido nítrico. É uma substância que melhora a elasticidade dos vasos sanguíneos e diminui o risco de hipertensão. É uma fonte muito boa de vitaminas B6, C e K e contém poderosos minerais como o ferro e o manganeso. É um alimento rico em fibra e sacia muito. Para mim é um óptimo susbtituto da cebola!
 

AIPO

Composto por 95% de água, o aipo é um poço de propriedades anti-inflamatórias. Previne artrite, gota, asma e bronquite e, além disso, por ser um diurético, ajuda na remoção de toxinas nos rins e inibe problemas como pedras nos rins e na vesícula biliar. Além disto ajuda a melhorar a qualidade do sono e a eliminar o stress.
Rico em vitaminas A, V, C, E, K, cálcio, potássio, sódio e fósforo, o aipo contém fibra dietética, baixa quantidade de gordura e de proteínas.
 

NABO

O nabo é uma hortaliça útil para o sistema digestivo, uma vez que ajuda a melhorar  trânsito intestinal. A este beneficio adicionamos a facilidade para eliminar toxinas, depurar o organismo e reduzir a retenção de líquidos. o nabo é também importante para fortalecer os osos e regenerar o colágeno.

ESPINAFRES

Os espinafres são ricos em sais minerais importantes, como o ferro, o fósforo e o cálcio; tem altas concentrações de vitaminas do complexo B e A e, por isso, contribuem para a saúde de maneira geral, na construcção muscular, coagulação sanguínea, conservação da visão, formação de dentes e osos, protector do sistema cardiovascular, entre outros.
São alimento muito nutritivo e com uma propriedades importantíssima na prevenção de doenças e envelhecimento precoce: é antioxidante. Ao conter flavonóides os espinafres são um dos alimentos que, se consumidos com certa frequência, eliminam substâncias “oxidantes” e “desenferrujam” o cérebro!
 

BIOVIVOS DE GIRASSOL (da BIOVIVOS)

Rico em proteínas, aminoácidos e vitaminas tem mais antioxidantes que os frutos vermelhos.
Fonte de triptofano e Vitaminas D e E, são conhecidos como percursores da Serotonina, molécula associada à sensação de felicidade!
 

FEIJÃO VERDE

O feijão verde é um óptimo fornecedor de fibra. Por isso tem um efeito depurativo e ajuda na regulação do trânsito intestinal. Com baixo teor de calorias e de gorduras, não contêm colesterol, o feijão verde possui vitamina A, B6, C, K; ácido fólico, cálcio, silício, ferro, manganés, potássio e cobre. Ao conter beta-caroteno e vitamina C é um potente anti-inflamatório que pode ajudar na redução da gravidade de doenças inflamatórias. O feijão verde é também uma boa fonte de riboflavina, um composto orgânico que pode ajudar na redução da frequência de enxaquecas em pessoas que padecem deste problema constantemente.

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach