Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Como viver o Natal sem exagerar

 O Natal é uma ocasião especial (para muitos) em que estamos com a família e partilhamos momentos e também comida. Mas, “ser Natal” não significa “abusar de tudo o que tens ao teu alcance como se não houvesse amanhã”. Sim, porque tenho ouvido muito por aí o ditado do carnaval adaptado a esta época: “É Natal, ninguém leva a mal, ou “perdido por 100 perdido por 1000”. Se estiveres num processo de emagrecimento ou se quiseres manter a linha, deves ter alguns truques em conta, e estes são alguns deles:

1. Não te excedas todos os dias, verás que depois é mais difícil recuperar!

“Ora bem, hoje tenho jantar de Natal da empresa”, “Amanhã tenho o jantar de Natal com os meus primos”, “Depois é noite de Natal e no dia seguinte é almoço de Natal”. “Ah!… Eu em Janeiro começo outra vez os meus treinos no gym”, “para a semana eu começo a fazer exercício e a comer menos porcarias”. Quem é que não ouviu ou disse ou pensou isto alguma vez?


A questão é que a frustração e o arrependimento chegam no momento em que retomamos os nossos treinos e sacrifícios:

  • ao ver que o teu corpo não acompanha esse esforço e mega sacrifício (porque o corpo precisa de tempo para voltar ao lugar onde estava antes de comer sem parar no Natal)
  • ao deprimires-te porque te sentes menos activo
  • arrependeres-te e quereres parar de vez porque não vês os resultados imediatos que desejavas.
2. Pede sopa nos jantares sociais, escolhe pratos simples e…

Partilha a sobremesa com outra pessoa. Vais ver que os remordimentos são menores do que se comeres um mega doce gigante de três sabores ou uma mousse de chocolate sem fim.

3. Lancha!

Não vás com muita fome para a mesa. Assim, a possibilidade de comer este mundo e o outro será mais reduzida.

4. Come devagar

A maneira como comemos influencia, e muito, na maneira como o nosso organismo assimila a comida que enviamos ao estômago. Se comermos mais devagar, a digestão vai ser muito melhor e a vontade de comer vai tardar mais a aparecer. Vê aqui os poderes de uma alimentação mindfullness.

5. Por cada copo de álcool, dois de água

Sabemos que faz parte, um copinho de vinho, outro de champanhe, mais outro de vinho. Nada de mal! Assim como os doces ou a comida em geral. Mas, neste caso, muitas vezes nos esquecemos de beber água. Além de diminuir “o poder” do álcool no dia seguinte, a água vai fazer que te sintas muito mais hidratado.

6. Não digas ‘sim’ a tudo

Na vida e na mesa! Chegamos a uma parte da nossa vida em que sabemos o que nos faz bem, o que é que o nosso corpo pede e gosta. Não deixes que os outros decidam por ti.

Este post serviu – apenas – como conselho para as pessoas que gostam de equilíbrio em todos os sentidos, e que talvez queiram manter a forma também nesta altura do ano. Sim, porque se não treinares e não tiveres uma alimentação variada e equilibrada, esquece.
 
Beijooo!
Dora

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach