Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Como é que podemos perder gordura e que exercícios podemos fazer?

Treino + Alimentação = Resultados!

Um não vive sem o outro. E o mais importante nem é tanto que tipo de exercicios podemos fazer, mas sim que tipo de alimentação temos e devemos ter. Os exercícios ajudam, mas para queimar gordura e definir o shape é preciso cuidar da alimentação!

Queimar gordura só numa zona? Ideia errada.

É preciso treinar e alimentar-se da forma correcta para que o corpo elimine a gordura como um todo. E mesmo com as sugestões de exercícios que vou dar – e que podem ser feitos em qualquer lugar – é indicado procurar a ajuda de um profissional de desporto e nutrição antes de começar para evitar lesões e outros problemas. 

A gordura sai com a alimentação. O treino mantém a massa muscular.

Todas as calorias que “sobram” transformam-se em gorduras. Depois, ao fazer exercício e o corpo pedir mais energia, ele vai à sua reserva de gordura em busca de uma fonte energética auxiliar. Ao queimar estes “depósitos de gordura” é como conseguimos perder peso. Ao treinar musculação vamos tentar manter o máximo de massa muscular e perder o maximo de gordura.

Exercícios que recomendo:
1. Caminhada rápida ou corrida.

Este tipo de exercício intensifica os batimentos cardíacos, aceleram o metabolismo e são, por isso, uma ótima forma de perder gordura visceral.

2. Burpee.

O odiado. É ou não é? É um dos exercícios mais exaustivos só com a utilização do peso corporal. Mas os burpees treinam o corpo todo! Os grandes grupos da musculatura peitoral, das costas e da coxa, mas também os músculos auxiliares menores como os do tronco, ombros e braços serão requisitados de forma intensa. Além de exaustivos são também efectivos! Tenta fazê-los com salto, vais ver!

3. Prancha.

Este exercício define os abdominais, ajuda a melhorar a postura, o equilíbrio, aumenta o metabolismo, melhora a flexibilidade, previne dores nas costas e ajuda a fortalecer os braços. Vê porque é um dos meus exercícios favoritos aqui.

4. Saltar à corda e andar de bicicleta.

Tal como correr ou andar de bicicleta, é um exercício que eleva fortemente a frequência respiratória e estimula metabolismo. Quanto maior a diferença entre a atividade metabólica durante exercício e o repouso, tanto mais tempo o corpo vai precisar depois do treino para atingir o seu estado normal. Ou seja, a queima de calorias mesmo horas depois do treino ainda está parcialmente bastante aumentada – e com isso a queima de gordura está sustentadamente fortalecida.

5. Ginástica funcional.

Este tipo de atividade consiste em exercitar o corpo sem o uso de aparelhos de ginásio, utilizando o peso do próprio corpo e o auxílio de cabos elásticos, pequenos pesos e bolas, por exemplo.  Um bom treino funcional, orientado por um bom profissional pode ser muito eficaz na perda de calorias e diminuir em poucas semanas a gordura visceral.

Deixa aqui o teu comentário

error: O conteúdo está protegido.
Dora Matos - Health Coach